Distribuidoras de energia estão investindo em novas tecnologias voltadas tanto para reduzir custos na manutenção da rede e distribuição de energia assim como para a melhoria da experiência do cliente. E os medidores inteligentes atendem a essas duas demandas.

Medidores inteligentes vão transformar a forma como a energia é fornecida e consumida. A sua implantação permitirá que os investimentos em redes de distribuição sejam otimizados e melhor gerenciados, evitando perdas e desperdício.

A Inteligência no sistema de geração e distribuição de energia começa nas usinas, com operações nas hidrelétricas controladas remotamente. Após a geração, a energia segue para as redes de transmissão e de distribuição, e o controle do fluxo é fundamental para evitar perdas e garantir o fornecimento.

O entendimento do consumo minuto a minuto é essencial para que as empresas possam gerenciar seus recursos de maneira otimizada, evitando perdas nas redes e quedas na satisfação do cliente, e um sistema inteligente, que inclui os medidores inteligentes, entrega em tempo real informações sobre o perfil de consumo de energia.

Ferramentas de analytics permitem entender a demanda quase que em tempo real, identificar e responder com agilidade a problemas que possam afetar as redes de distribuição e o fornecimento de energia, como quedas de árvores, resolvendo em minutos um problema que antes levaria horas para ser solucionado.

A partir do momento em que o sistema identifica que a energia não está chegando a uma determinada área, por exemplo, a distribuidora pode redirecionar o fornecimento de energia, reestabelecendo parte do serviço, e enviar equipes para o exato local onde se encontra a falha.

Além de facilitar  a localização de falhas que possam interromper o fornecimento de energia, a implantação de medidores inteligentes também permite uma medição precisa do consumo de energia, e disponibilizando o histórico do cliente. A partir deste histórico de consumo é possível criar perfis de carga e otimizar recursos, e também identificar a ocorrência de perdas comerciais – furto e fraude de energia.

Com a instalação de medidores inteligentes e a implantação de um sistema de automação da medição, empresas de energia ganham mais agilidade para analisar e gerenciar informações de medição, acompanhando o consumo e demanda minuto a minuto a partir de relatórios e indicadores de desempenho e:

  • Melhoram a qualidade da energia fornecida
  • Reduzem perdas relacionadas a falhas, fraudes e furto
  • Acompanham a evolução do mercado consumidor
  • Automatizam a leitura de consumo, evitando perdas com erros de faturamento

Vale a pena ainda lembrar das vantagens dos medidores inteligentes no combate a fraudes, que geram perdas de até R$ 8,1 bilhões ao ano, correspondendo a 8% do consumo do mercado cativo elétrico brasileiro.

A importância das redes MESH

As redes MESH estão ajudando empresas do setor de energia a tirar maior proveito dos dados de seus medidores de energia elétrica mesmo nas áreas mais afastadas e deficientes em conectividade, um dos principais obstáculos na proliferação dos medidores inteligentes.

Por meio de uma rede MESH, cada medidor inteligente tem múltiplas opções de roteamento. Além disso, os dispositivos são dotados de uma tecnologia inteligente que permite a eles se adequar a uma série de aspectos da infraestrutura, como condições ruins de visada de sinal de rádio, falhas de algum dos equipamentos de rede e grandes distâncias a serem vencidas por exemplo.

Ao reduzir a quantidade de dispositivos necessários para conectar os medidores inteligentes nas áreas mais afastadas, as empresas acabam reduzindo os custos de infraestrutura.

Medidores inteligentes personalizam a experiência do cliente

Além das questões técnicas, medidores inteligentes também melhoram a experiência dos clientes, cada vez mais exigentes. Um estudo da consultoria Accenture, que entrevistou quase 10 mil consumidores em 17 países, incluindo o Brasil, apontou que esses clientes desejam novos produtos e serviços relacionados à energia – em especial, na forma de novas propostas de valor – e estão mais exigentes em relação a uma experiência integrada, digital e personalizada.

A pesquisa aponta que os clientes estão interessados na próxima geração de serviços de valor agregado, entre eles, a gestão automatizada do uso de energia residencial (76%) e residência conectada (69%).

Além disso, a experiência do consumidor aparece como fator fundamental para estimular a aceitação de novas ofertas e aumentar a satisfação com as distribuidoras de energia. Na verdade, 92% dos consumidores (98% no Brasil) ficariam mais satisfeitos se o seu fornecedor de energia pudesse personalizar sua experiência.

Entre os brasileiros, 39% estão interessados na gestão automatizada de energia doméstica e estão dispostos a pagar por esse serviço e, globalmente, a maioria manifestou interesse por serviços, como uma conta digital personalizável ou um site ou aplicativo, que ofereça a melhor oferta com base em seu consumo de energia em tempo real.

Mais da metade dos consumidores brasileiros (71%) deseja ter um aplicativo para monitorar e controlar remotamente o consumo de energia em sua residência, mas, até 2017, menos de 10% já contavam com medidores inteligentes que permitem o controle do consumo.

Para solucionar problemas técnicos e melhorar a experiência do cliente, conheça as soluções da área de Conexões Inteligentes da Atech e gerencie seus recursos de maneira mais eficiente, analisando os dados enviados pelos medidores inteligentes.

Fonte: Atech

Free WordPress Themes, Free Android Games